terça-feira, 17 de abril de 2012

3.


Agora sofre o que eu sofri, agora chora o que eu chorei, achas que eu gosto de sofrer? Esta rapariga que te sempre amou, agora quer que faças por ela o que ela fez por ti. Que te cortes, que te atires, que chores e que grites. Para veres o lado negro desta história e que isso te fique na memoria. Sei que não vais aguentar, aí me vais dar razão, pois hoje quem reina é a coitada que sempre foi tua namorada. Agora rasteja até mim, agora ve que fui infeliz. Tu que dizias que me amavas e depois me maltratavas, atiravas-te às outras por pura piada. Agora sim sou feliz por não te ter perto de mim. Agora cada noite, cada dia, não cai uma unica lágrima. Mas tu hoje choras por aquilo que tinhas e não vias.

Sem comentários: